Inclusão em Hollywood

Atualizado: 22 de jul.

CODA - No ritmo do coração, foi vencedor de três Oscars, incluindo o de Melhor Filme.


Ruby (Emilia Jones) é a única pessoa que escuta em uma família com deficiência auditiva. A vida da jovem sempre foi ajudar o irmão e os pais nas tarefas do dia e no negócio de pesca da família, mas logo ela se envolve no coral da escola e se vê dividida entre seguir seu sonho na música ou continuar ajudando sua família. Um grande conflito emocional é retratado no filme, pois a família depende dela para se comunicar com a comunidade, mas ao mesmo tempo precisam aprender a se virar sem ela e vencer a barreira do preconceito.


Troy Kotsur, ator que realmente possui deficiência auditiva, faz o papel do pai de Ruby e com certeza é o ponto alto do drama independente. Não por acaso, além de ser o primeiro ator com essa deficiência a ganhar um Oscar de atuação, também recebeu outros vários prêmios, incluindo o Bafta, Critics Choice Awards, Independent Spirit Awards e Screen Actors Guild, todos na categoria de Melhor Ator Coadjuvante.


“Só queria dizer que isso é dedicado à comunidade surda e à comunidade de deficientes. Este é o nosso momento”, expressou o ator com sinais, traduzido por um intérprete, momentos após receber o grande prêmio.

Um ator surdo que se faz ouvir com maestria. Excelente dica para quem gosta de se emocionar e dar boas risadas. O mundo está mudando e inclusão já não é mais uma opção.


O filme está disponível no Amazon Prime Video. Confira o trailer:




Fontes: Observatório do Cinema e IstoÉ Dinheiro

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo