Buser investe no setor de tecnologia com o programa Buser Tech

A Buser é uma empresa de base tecnológica que trabalha com o fretamento colaborativo de ônibus. Pintando o Brasil em cor de rosa, cor predominante de sua marca, a missão da empresa é oferecer um transporte de qualidade, com preço acessível e com toda segurança e tecnologia para seus passageiros.

 

Apesar de ser uma grande empresa no território nacional e possuir a palavra tecnologia como ponto forte, a Buser passou por um período onde era difícil contratar profissionais capacitados no setor, como explicou Renzo Nuccitelli, gerente educacional da empresa e um dos palestrantes da trilha de impacto social do Inforuso.

 

Com o intuito de suprir essa necessidade de mão de obra e fortalecer seu potencial de inovação, a Buser pensou em desenvolver um projeto no qual fosse possível capacitar possíveis profissionais por conta própria. Foi então que surgiu o Buser Tech. O Buser Tech é um programa que une a formação universitária com estágio remunerado, tudo com o objetivo de formar jovens talentos que queiram acelerar seu desenvolvimento na área de tecnologia. Para que o projeto pudesse ser executado, a instituição fechou uma parceria com a plataforma de ensino Descomplica, onde foi possível oferecer ensino de ponta, com profissionais renomados da área e com oito opções de cursos, todos aprovados pelo Ministério da Educação (MEC).

 

Para participar do programa, era necessário ter idade mínima de 16 anos e ter feito a prova do ENEM no ano de 2021 ou prestado vestibular em instituições de tecnologia ou engenharia do país. Como forma de incentivar a inclusão, tema bastante falado no Inforuso, a Buser fez um grande movimento com os alunos do ensino público, onde mais de 50% dos selecionados vieram dessa categoria. A empresa também se esforçou no incentivo para que as mulheres também participassem do programa, já que o setor da tecnologia é praticamente dominado pelos homens.

 

O projeto foi inovador pois conseguiu reunir o conhecimento técnico teórico através da faculdade e a formação prática pela empresa, começando o estágio remunerado desde o primeiro dia, com bolsas que chegaram até $3.000,00. Ao todo, 40 pessoas foram selecionadas para participar do programa, já com a promessa de serem integradas no time de tecnologia da Buser após a formação.

 

A Buser vê o programa como um grande sucesso, já que foi possível resolver o problema da contratação de mão de obra especializada no setor da tecnologia, e ao mesmo tempo, fazer o bem para a sociedade. Para Renzo Nucittelli, a Buser ganhou como empresa e a sociedade ganhou pessoas bem formadas. “Essa foi a maneira que a Buser encontrou de inovar, resolvendo seu problema de contratação e do mercado também”, disse ele.


Conheça mais: http://buser.com.br

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo